Pontos de medição para análise de vibração são locais específicos em uma máquina onde são instalados sensores para medir as vibrações. Esses sensores convertem as vibrações mecânicas em sinais elétricos que podem ser analisados por um computador.

O objetivo aqui é oferecer um guia prático para determinar a quantidade e a localização dos pontos de medição; fatores importantes que devem ser considerados para garantir a eficácia da análise de vibração.

Quantidade de pontos de medição

O número de pontos de medição necessários para uma análise de vibração depende de vários fatores, incluindo:

  • O tipo de máquina a ser analisada
  • As frequências de vibração de interesse
  • A sensibilidade do equipamento de medição

Em geral, é recomendado que sejam realizados pelo menos três pontos de medição em cada mancal de uma máquina. Isso permite que se obtenha uma boa cobertura da máquina e que se identifiquem possíveis problemas em diferentes partes da mesma.

No caso de máquinas complexas, como turbinas a vapor, pode ser necessário realizar um maior número de pontos de medição para obter uma análise mais detalhada.

Localização dos pontos de medição

Os pontos de medição devem ser localizados em locais estratégicos da máquina, onde as vibrações sejam mais intensas. Os locais mais comuns para a instalação de sensores de vibração são:

  • Corpo da máquina
  • Rolamentos
  • Motores
  • Engrenagens

A localização dos pontos de medição também deve ser considerada de acordo com as frequências de vibração de interesse. Por exemplo, se as vibrações de interesse estiverem concentradas em baixas frequências, os pontos de medição devem ser localizados em pontos rígidos da máquina.

Como escolher os pontos de medição

A escolha da quantidade e da localização dos pontos de medição é uma tarefa importante que deve ser realizada por um profissional qualificado. A análise de vibração é uma ferramenta poderosa que pode ajudar a identificar e prevenir falhas em máquinas.

Aqui estão algumas dicas para escolher os pontos de medição para uma análise de vibração:

  • Consulte um profissional qualificado
  • Considere o tipo de máquina a ser analisada
  • Considere as frequências de vibração de interesse
  • Considere a sensibilidade do equipamento de medição
  • Considere a localização dos componentes críticos da máquina

Exemplos de pontos de medição

Aqui estão alguns exemplos de pontos de medição comuns para análise de vibração:

  • Corpo da máquina: Os pontos de medição no corpo da máquina podem ser usados para monitorar as vibrações gerais da máquina.
  • Rolamentos: Os pontos de medição nos rolamentos podem ser usados para monitorar o desgaste e o desalinhamento dos rolamentos.
  • Motores: Os pontos de medição nos motores podem ser usados para monitorar o desgaste das engrenagens e o desalinhamento do motor.
  • Engrenagens: Os pontos de medição nas engrenagens podem ser usados para monitorar o desgaste das engrenagens e o desalinhamento das engrenagens.

A análise de vibração é uma ferramenta poderosa da manutenção preditiva que pode ajudar a identificar e prevenir falhas em máquinas. A escolha correta dos pontos de medição é essencial para garantir a eficácia da análise.

A análise de vibração é uma técnica de diagnóstico não destrutivo que permite identificar e quantificar as vibrações em uma máquina. Essas vibrações podem ser causadas por diversos fatores, como desgaste, desalinhamento, desbalanceamento, entre outros.

A quantidade e a localização dos pontos de medição para uma análise de vibração são fatores importantes que devem ser considerados para garantir a eficácia do diagnóstico.

Inscreva-se em nossa newsletter.

Fale com um especialista do Pacifco.

Entre em contato por Telefone ou WhatsApp agora!

Caso prefira deixar uma mensagem abaixo, responderemos no máximo em 1 dia útil.