A análise de vibração é uma técnica utilizada para avaliar o comportamento dinâmico de máquinas e estruturas. É uma ferramenta essencial para a manutenção preditiva, pois permite identificar problemas mecânicos antes que causem falhas.

Passo 1: Entenda os Conceitos Básicos da Análise de Vibração

  • Vibração: movimento oscilatório de um objeto em torno de um ponto de equilíbrio.
  • Instrumentação básica: Coletor Analisador, acelerômetros, transdutores de velocidade e transdutores de deslocamento.

Passo 2: Escolha do Ponto de Medição

  • Identifique pontos críticos: locais na máquina ou estrutura onde as medições de vibração serão realizadas.
  • Pontos críticos geralmente associados a componentes rotativos: Mancais de rolamentos ou engrenagens.

Passo 3: Coleta de Dados

  • Prepare o equipamento: certifique-se de que os sensores de vibração estão instalados corretamente e conectados ao equipamento de medição.
  • Realize as medições: Colete os dados vibracionais nos pontos previamente identificados. Registre informações como amplitude, frequência e forma de onda. O equipamento a ser inspecionado deve estar com carga e velocidade de operação.

Passo 4: Análise dos Dados

  • Análise espectral: utilize ferramentas de análise espectral, como a Transformada Rápida de Fourier (FFT), para decompor os sinais de vibração em componentes de frequência.
  • Comparação com normas: compare os resultados obtidos com normas e padrões de vibração estabelecidos.
  • Análise com Inteligência Artificial: utilize a inteligência artificial para auxiliar na determinação do diagnóstico.

Passo 5: Diagnóstico

  • Identificação de problemas: com base na análise dos dados, identifique possíveis problemas, como desalinhamento, desequilíbrio, folgas, falhas em rolamentos, etc.
  • Priorização de ações: determine a gravidade dos problemas identificados e priorize as ações corretivas.

Passo 6: Ações Corretivas

  • Implemente correções: com base nas conclusões da análise de vibração, implemente as ações corretivas necessárias, como alinhamento de máquinas, balanceamento, substituição de peças, etc.
  • Pós correções: após conclusões das ações corretivas, refaça o processo detectando a correção realizada.

Passo 7: Monitoramento Contínuo

  • Estabeleça um programa de monitoramento: desenvolva um programa contínuo de monitoramento de vibração para detectar precocemente quaisquer mudanças nas condições da máquina.
  • Avaliação regular: realize avaliações regulares para garantir a eficácia das ações corretivas e ajustar o programa de monitoramento conforme necessário.

Considerações Finais

A análise de vibração é uma habilidade que se desenvolve com a prática. Consulte especialistas na área, participe de treinamentos e utilize recursos disponíveis, como softwares de análise de vibração, para aprimorar suas habilidades ao longo do tempo.

Inscreva-se em nossa newsletter.

Fale com um especialista do Pacifco.

Entre em contato por Telefone ou WhatsApp agora!

Caso prefira deixar uma mensagem abaixo, responderemos no máximo em 1 dia útil.